sexta-feira, 6 de março de 2015

SORTE




uma greta, uma fenda. um espaço em branco. não tem jeito: sou uma sorte de fragmentos. sequência de enigmas e ausência de paz. o propósito? escrever para evitar a renúncia.

Postagem em destaque

SOBRE QUESTÕES RESPIRATÓRIAS E AMORES INVENTADOS

http://metropolitanafm.uol.com.br/novidades/entretenimento/imagens-incriveis-mostram-a-realidade-das-bailarinas-que-voce-nunca-viu...