SEMANA ASTROLÓGICA: PERDIDOS NO FRENESI OU: COMO EU PODERIA FALAR DE PREVISÕES NÃO TENDO DONS PARA TAL ?

Semana Astrológica: Perdidos no frenesi ou: Como eu poderia falar de previsões não tendo dons para tal ?




antonio mora
Eis que maio chegou ao fim, e já adentramos junho em meio ao caos que permeia as grandes mudanças. Finalizar é a palavra para os próximos dias :) Durante isso, Vênus, segue o Sol de perto preparando-se para a Conjunção Superior Sol-Vênus que acontecerá na segunda, dia 6. Tudo de bom, né? de astrologia não entendo, mas simbolizo sol com alegria, vida e vontade e Vênus com amor e paixão :) aí fecha, né? 

Se o período requer cautela, os instrumentos e o caminho a desvendar se desenrolam de forma caleidoscópica. O negócio é lançar mão do que puder:  de fichas enferrujadas, ocas e sem lastro ao mais genuíno que há em nós. Escavando mais, Mercúrio, atual regente do Sol e de Vênus, forma um Grande Trígono com a Terra. cuidado!!! é melhor não julgar o livro pela capa e aguardar cenas dos próximos capítulos para se ter uma visão mais geral do cenário, antes de tomar atitudes que possam gerar arrependimentos… mas…. arrependimentos são parte da beleza de algumas rugas, né? eu acho. mas nem tudo são trevas! A Lua abre a semana na fase Minguante em Peixes. Viaja ligeira por Áries, onde se torna balsâmica na quarta-feira para começar a crescer. Reconforta-se em Touro e se renova em Gêmeos, e eis que já será Nova no domingo. Mas nada de ilusões: continua mais atraente recolher as velas e aproveitar o isolamento para ruminar e observar o rumo dos ventos, antes de se lançar ao mar bravio novamente! São tempos de melindres. algo pesado e incerto. Poeme-se. Negocie com você mesmo e com os outros. negocie com a vida! e… o mais importante: comprometa-se! que sem isso não há nada :) só você e seu ego. mas esse for o desejo, voilá!!! só não tenha esperanças vãs… a despeito de todo (des) comprometimento com a vida e a poesia, podemos simplesmente evitar embarcar nesse ou qualquer outro frenesi. Pode ser bom, por exemplo, estar com alguém sem precisar falar. enfim… falar pra que?…

Postagens mais visitadas deste blog

OUTROS MUNDOS :)

ODE PARA LUÍZA

AH O AMOR. O TAL AMOR...